Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Horizontes de mim


 

Meus horizontes têm as cores do arco-íris,
sem o  cinza do preto e branco
reluz tingindo minh’alma que espera
nos encantos das rimas que em poesia componho.
Revisto-me da criança que sorri brincando
e lanço-me em vôos pelas asas do sonho onde a vida impera.

 
Pelos quatro cantos de mim sopra o vento anunciando aurora,
nada vê, cega os sentidos em si, o que sou pouco importa.
Abraça-me com as vestes da qual é criado,
completa seu ciclo, gira o mundo que tem em si mesmo,
canta vitória com o fruto bendito que no ventre aporta,
lavam meus pés as águas sacrossantas dos mares onde me tem ilhada.

 
São meus os horizontes, todos os que tenho criado,
não há noite nos sonhos peregrinos que meus céus desenharam,
escalando as montanhas da sorte, grito meu sim em calado destino,
não há eco no corpo maltrapilho que encontro pelo caminho,
de feno é feita a alma, deslocada nos portos onde naufragaram,
são apenas sobras da história que vive em desatino...


 
 “No silencio encontro o eco de tudo o que sempre quis dizer”


17/02/2006
Aisha
Enviado por Aisha em 09/03/2006
Código do texto: T120816
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35174 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:34)
Aisha