Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INSÓLITA

Assim quando vens
saudosa de distâncias
veredas de desejos
ruborescem as faces
morenas

Enfim
após a espera
a vida com suas surpresas
faz do dia a fuga
do apenas estar vivo

Cintila o dar-se
sem amanhãs

– um casulo de linha
que o ratinho fugiu com a ponta
e o gato o comeu logo ali.

– Do livreto O EU APRISIONADO. Porto Alegre: EditorArt - RB Editor, 1986, 28 p.
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/121140
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 10/03/2006
Reeditado em 22/05/2010
Código do texto: T121140
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709600 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 17:58)
Joaquim Moncks