Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Camavam-me de Louca1

Chamavam-me  de " Louca"!..
 
Chamavam-me  de "Louca"
Perdera a Sorte, a Fortuna, o Amor
que sentia ainda ,no mundo ,a mingüar
sentimentos vãos!
 
Louca era, em querer teu Amor!..
E mais louca em não poder tê-lo...
Agarrei-me à dor!
Sofri,
chorei,
desamei,
fugi!...
 
Entrei dentro de mim!
Só solidão, pelo chão!
Não mais pássaro  pequenino
que corria, ao teu colo, na eterna saudade ,
na busca incontida de teus beijos, teus abraços,
teu cheiro, cheio de amor, nos nossos lençóis!..
 
Não mais!
Só esperar, passar pela vida,
correr atrás de ti que perdi ,em meu caminho,
obscuro, obtuso, perplexo e fugidio!..
 
Louca, eu o sou,
por amar-te tanto...
Querer-te ,assim ,dessa maneira
desabusada, minha e tua,
até à Loucura Total!..
 
Eda Carneiro da Rocha
" poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 12/03/2006
Código do texto: T122170

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:27)
Poeta Amor