Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RESIGNAÇÃO

Já senti o beijo ardente, aquele abraço,
Entre juras de amor... amor primeiro.
O coração contente... em descompasso
Como se a Terra a tivesse por inteiro.

Pouco tempo durou cada amor, tempo escasso.
Foi temporal de paixão, passageiro,
Que o vendaval o levou pelo espaço;
Eu era uma nau sem rumo e timoneiro.

Hoje, depois de frustração tamanha,
Sou um ser que não achou oásis no deserto,
Sou aquele que mais e mais só se acanha.

Qual ave que não procura outro ninho,
Se surgir novo amor e não der certo,
Não ficarei triste ao ficar sozinho.
JOÃO OSMAR
Enviado por JOÃO OSMAR em 12/03/2006
Código do texto: T122321
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOÃO OSMAR
Salesópolis - São Paulo - Brasil
87 textos (6405 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:53)
JOÃO OSMAR