Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abraço o Vento

Crenças partidas
Obviedades naturais
Livres de convencimento
Mas embebidas em dúvidas

Ajoelho-me ao decifrar
Caminhos por onde andastes
Desespero-me ao perceber
Os atalhos que escondestes

Força e paciência
Arremessam-se ao início
Tristeza e saudade
Ditam a presteza

Certifico-me que os olhos brilham
Por que ocultastes o berro?
Confesso que o grito precoce
Não soaria tão estridente

Jurei entender
Tarde para arrepender-me
Ao esquecer de cruzar os dedos
...Abracei o destino errado
Romassenav
Enviado por Romassenav em 13/03/2006
Reeditado em 13/03/2006
Código do texto: T122554
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romassenav
São Paulo - São Paulo - Brasil
26 textos (1747 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:36)
Romassenav