Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORAÇÃO DE SORVETE

Primeiro foram os olhos, entregues a você,
como uma paisagem entrega suas cores a quem a pinta,
com pinceladas de amar e querer...

Depois te dei todos os sorrisos, secretos, lindos,
pequenos, abertos, até o mais louco, decerto, rindo,
sorrisos maduros e até o mais menino...

Mais ainda dei-te dos meus abraços, nós, laços,
fitas, envolventes, que te vestem de carinho,
abraços quentes como de luzes em seus fachos...

O que me faz pulsar doei-te, um coração de sorvete,
destrambelhado por supor que sempre estará ao meu lado,
relógio de pulso de um Deus que me fez pra ser-te...

Enfim, das partes de que sou parte dei-me todo,
como a gema e a clara sem casca nem seria ovo,
despertenci-me só para pertencer-te...

Tudo à minha volta tem seu olhar e seu perfume,
tanto, que da natureza que tudo transforma e cria,
eu o universo, um tantinho, morremos de ciúme...

Preto Moreno
13/03/2006







Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 13/03/2006
Código do texto: T122568

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6777 textos (102522 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:45)