Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ela estava à espera

Poema inspirado num conto que fiz, e que amo duma maneira invulgar, e na música e telediscos “Broken” dos Sheeter e também na beleza triste mas intensa de Amy Lee dos "Evanescence" que participa em ambos

ELA ESTAVA Á ESPERA

 

Do seu grande momento
Estava à espera que acabasse
O sofrimento

 
Ela estava à espera


Do fim da amargura
Única coisa
Que em si perdura

 
Ela estava à espera

 
Sempre numa janela qualquer
Porque acima de tudo
Sentia como só sente uma mulher

 
Ela estava à espera


Ninguém sabia exactamente do que ou de quem
Olhando-a por isso de lado
Mas para ela nada importava, mesmo o desdém

 
Ela estava à espera


Pela longa noite fora
Pelas lágrimas
Que se fossem embora
Olhando as estrelas com invulgar interioridade
Pois era delas
Que viria parte da sua intimidade
Dum homem comum que se tornou num homem do espaço
E por isso a deixou
Deixando no seu lugar
O embaraço
Duma promessa dum longínquo voltar
Quando conquistasse essas estrelas
Ele seria por fim dela
Mas tal poderia levar uma eternidade a concretizar

 

Ela estava à espera

Poema protegido pelos Direitos do Autor
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 14/03/2006
Reeditado em 16/03/2006
Código do texto: T123137

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5079 textos (170386 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:02)
Miguel Patrício Gomes