Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TERNURAS

Em meu amor há tanta ternura!
Velam-se meus olhos com as
palavras quase infantis com que
me acorda o corpo.
Em meu amor, há tal ternura.
Suas mãos, borboletas irrequietas
a brincar em minha pele jardim.
Em meu amor, a ternura é um
cálice a se derramar, beijos são gotas
e se desmancham em meu corpo.
Em meu amor, a ternura é uma
bolha de sabão, colorida, crescente.
Bolha infinita e breve e eu inteira
suspensa, a esperar o momento
em que vai, em mim, explodir
Ternamente.
Saramar Mendes
Saramar
Enviado por Saramar em 15/03/2006
Código do texto: T123608
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Saramar
Goiânia - Goiás - Brasil
89 textos (7949 leituras)
1 áudios (526 audições)
2 e-livros (352 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:51)
Saramar