Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO VEJO ESPERANÇA:

Não vejo esperança:



Não vejo esperança
Neste amor, que vivemos.
Sem nada saber um do outro
Apenas ouço tu dizer que me ama
Eu também digo que te amo
Isto e tudo o que sabemos
Tampouco acreditamos
Que existe algo de verdade
Pois tudo o que existe são duvidas
A cada encontro que marcamos
Fico na duvida se virás ou não
Esta espera sempre me faz sofrer
A tensão que existe em mim
Só acaba quando a tenho nos braços
Ou na cama, entre beijos e caricias.
Então esquecemos de tudo
As dores as, duvidas para vivermos.
Momentos de um amor intenso.
Sem nos arrependermos
Sem nada dizer nos entregamos
Aos sussurros e gemidos de prazer
Acaba-se as duvidas, então procuramos.
Em alguns minutos, o amor viver!

 Volnei R. Braga




























Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 17/03/2006
Código do texto: T124245
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147463 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:04)
Volnei Rijo Braga