Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROSAS VERMELHAS TÂNIA AILENE

ROSAS VERMELHAS

TÂNIA AILENE


Diante da visão...
Essa delicadeza que irradia luz
somos breve pulsar com a idade
do beijo que dura.
Nada vamos deixar
 para tras como grãos de areia
juntamos alma com céu
nos elevamos ao infinito delírio.
Chama do desejo cristalino
tocando com sabedoria
nada nos separa
na madrugada te procuro...
Desigual o sonhar da realidade
no temporal de sentidos, peço:
Lembre das rosas vermelhas!
Em suas mãos o botão desabrochou
abrindo rubra com espinhos
te fascinando pelo perigo
beleza que a cada dia
se mostra com pétalas diferentes...
Hoje sou tua roseira preferida
com cor forte, altiva
desejos de sempre fazer
um jardim florido.
Nua nada preciso
só a rosa vermelha
que você sempre quer alcançar...
Retire os espinhos....
seja o orvalho a me alimentar....

Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 18/03/2006
Código do texto: T124710
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30280 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:51)
Tânia Ailene Nua Poesia