Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passaste

PASSASTE

Os teus meses
nos meus dias
mas em contemplação
senão não os seriam
e dava uma bela (?) canção

Passaste

Dez dedos
entre cabelos
perdida na descoberta
podiam ter sido
dez anos

Passaste

Das coisas belas
às menos
e então descobriste
que a eternidade
se mede em segundos

Passaste

Ao lado desta história
que não o é
só o é
pura e simplesmente
Porque


Passaste


algures em 98

Poema proetegido pelos Direitos do Autor
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 18/03/2006
Código do texto: T124989

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:18)
Miguel Patrício Gomes