Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pacto das Almas

Amor dos amores, só contigo posso viver, ou não viverei,
de nada adiantará me embrenhar alhures, onde não fores,
não haverá nenhum roseiral sem as flores que antes amei,
meu rosto vê o teu pálido e fatigado em busca,em dores,

mas minh’alma íntima a tua, meu amor,  num doce sarau,
pressentindo as carícias secretas que trocaremos nos ares,
mil juras te faz melodiosamente, em nuvem branca de cal,
que se pigmenta de amor, chuviscado dos astros estelares!

Saltou aos olhos meus melancólicos tua promessa de vida,
jamais esquecida,  pela qual vivo os meus dias te olhando,
nesta imensidão etérea me buscando suas mãos esticadas;
assim insistindo, meu amor perfeito acabará te abraçando!

De soluç’em soluço me carrega a alma nervosa,  florescida,
feito o botão enrustido prestes a rebentar na imortalidade,
que nos espera na morada de sol que tem coração radiante,
para o abraço imortal e beijo perene que sela a eternidade!

Santos-SP-19/03/2006

Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 19/03/2006
Código do texto: T125178
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:09)
Inês Marucci