Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca

Me deixes
Antes que eu o faça a ti
Nunca me deixes
Antes de mim

Nunca

Te atrevas
A desdenhar o ar que respiras
Tu sem ele nada és
E podes muito bem acabar sozinha

Nunca

Elejas a solidão
Como teu supremo troféu
Ela pode ser muita coisa
Mas nunca deverá ser o teu céu

Nunca

Escrevas na pedra
Palavras que mais tarde te possas vir a arrepender
Faz isso na areia à beira do mar
Pois este lava tudo e até os mais duros sentimentos que possas verter

Nunca

Me digas não
Se vires que venho em paz
Posso demasiadas coisas
Mas de abrir portas trancadas sou incapaz
Pois aprendi ao longo
De demasiados milénios
Que alguns sentimentos podem ser eternos
E são o máximo prémio
De quem se esforça para os alcançar
Sendo os negativos
Um purgatório
No qual nunca quero estar
Por isso te digo
Nunca
Ponhas em nada
Um ponto final
És linda, grandiosa
E esse tipo de sentires
São roupa na qual ficas mal…

Nunca…

Poema protegido pelos Direitos do Autor
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 21/03/2006
Código do texto: T126231

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5078 textos (170361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:44)
Miguel Patrício Gomes