Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM BILHETE:(adeus)

Um bilhete:


Um bilhete apenas
Foi tudo que me restou
Depois da nossa ultima noite
Aquela noite que você chegou
Sem nada dizer me abraçou
Pediu-me que a beijasse
Como se aquele fosse...
Em nossas vidas, o ultimo beijo.
E era, só eu que não percebi.
Que você estava diferente
Já na eras, a mulher de antes.
Carinhosa, febril na hora de amar.
Assim nos amamos pela ultima vez
Um amor louco cheio de paixão
Onde vibramos a cada instante
Sem imaginar, que o amanhã.
Não mais existiria em nossas vidas.
Como chegastes, fostes embora.
Deixando, apenas este bilhete que dizia.

-estou indo embora, me perdoe, eu não queria
magoa-lo, mas e preciso, pois, se não for hoje,
será amanhã, hoje renuncio ao teu amor e a minha
felicidade, mas pense comigo, sou casada, você
também, nosso futuro e incerto, ou melhor
não temos futuro, por isso me perdoe, eu fui teu
engano, mas não quero ser a sua infelicidade.
por isso hoje, sou obrigada a te dizer, adeus!

                             Adeus!


                         Volnei R. Braga
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 23/03/2006
Código do texto: T127088
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:23)
Volnei Rijo Braga