Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Valeu a pena esperar...

Foram quinze minutos de espera
Parecia um tempo sem fim
eternidade pra mim

Não resisti
Liguei preocupado
Alô você não vem mais
Aqui é aquele chato do marco

Pensei em ligar de novo
Mas só passaram cinco minutos
do bar da Cristina nem dá pra enxergar
to em meio a escuridão

Estico o pescoço no meio da rua
ansiedade teima em não passar
avisto outro farol
não é ela

Só tenho uma unidade no cartão
me explica então
o que não tem explicação
to agindo feito apaixonado
mas nunca provei deste pão

To pensando em desistir
Ela disse que estava perto daqui
Não posso ir embora
Tem um imã
Uma força magnética que me prende

Ela chegou
Graças a Deus não fui embora
Vou abrir a porta
tenho a confirmação

A força que me puxava pra junto de si
Vinha dos lábios dela
Uma indiazinha de pés descalços
De alma pura
Sorriso fácil
E uma boca em diabrura

Fez-me feliz
Muito mais do que havia sido no ano passado todo
Tocou meu coração
Despertou fogo em meu corpo
Fez tudo em amplidão
Hoje sou só seu
Somos dois um só
um todo.

Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 24/03/2006
Código do texto: T127864
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:11)
Marco Cardoso