Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eterna Paixão

Meu amor sinto na pele o calor de seu corpo macio e  desnudo

A tatuagem que você deixou estampada em minha pele esta exposta

Aquele beijo fogoso e desesperado da menina com fome de amor

Sentir seu toque sedutor me deixou sem ação me amaldiçoou

Nunca quero que vás embora vamos ser escravos da nossa paixão

Sua boca febril que cuspiu palavras secretas jamais dita antes

Aquele dia frio, mas quente em nossos lençóis do começo ao fim...

A ousadia que nunca tardia, pois em lábios molhados e inchados...

Aqueles toques suaves, que me trazes o brilho intenso dos meus olhos...

Na qual exaltaremos nossos corpos com olhos famintos e perplexos

Sua cachoeira será aberta para correr seus rios de gozo de fêmea

Minha cabeça inchara e mostrara a minha fome de amor por você

Naquele livro aprenderemos e gozaremos na forma mais deliciosa

Cairemos deste combate nos beijaremos, olharemos e riremos muito...

Mas tudo aos poucos começa de novo num ritual e nos saciaremos

Entraremos noite a fora, pois a tempo para saciarmos nossa saudade

Pois temos em nossos corações amor, respeito e muito desejo intenso



Edwaldo Mendes Filho
Enviado por Edwaldo Mendes Filho em 25/03/2006
Código do texto: T128232
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edwaldo Mendes Filho
Guarulhos - São Paulo - Brasil
735 textos (31337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:25)
Edwaldo Mendes Filho