Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INVENTO AS COISAS QUE ACONTECEM


as coisas acontecem porque eu
as invento. na teoria elas já existem,
vogando por aí nos lugares mais
inesperados, como nos olhares fixos
e no piar das corujas, dos mochos cegos
ou nas gargalhadas das hienas famintas.
limito-me a criar um corpo para cobrir
as manchas de tudo o que vejo e
desejar que elas regressem à memória,
ao poço sem fundo onde as congemino.

eu invento as coisas que me acontecem.
por isso espero por elas. premedito-as.
lanço-lhes armadilhas nas encruzilhadas
e dispo-as para vesti-las de novo. as aranhas
da minha imaginação não tecem as suas teias.
sou eu que as bordo, no desfiar da madrugada,
à sombra dos lampiões onde me encosto.
os sons da noite pertencem-me também. sou
eu que os invento e de seguida sou imitado.
os reflexos do sol do dia também os pinto
nas montras e nos metais dos automóveis,
nos anéis das noivas e nos dentes de ouro
dos emigrantes ricos. fui eu que criei o prazer,
o vício e o pecado.

posso contar-te tudo, minha amada.
basta que aceites o acto de ter-te nos braços
e que nunca me deixes, nunca saias do nicho
que te preparei cuidadosamente para ficares
sempre ao meu lado. é isso. então, pega a maçã
e morde-a. como vês também ela, como tu,
o leito, a serpente, a penumbra, nada
verdadeiramente existe. foi tudo inventado
por mim. por favor não fiques triste, meu amor.
ainda hoje vou ter de inventar
outro amanhã.


José António Gonçalves
(inédito.11.10.04)


JAG
http://members.netmadeira.com/jagoncalves
JAG
Enviado por JAG em 27/03/2006
Código do texto: T129366
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JAG
Portugal, 62 anos
117 textos (41779 leituras)
4 áudios (187 audições)
1 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:48)
JAG