Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Joguei a Ancora.

na firmeza dos pensamentos positivos
não vou trocar meia dúzia de afirmações
te iludindo
o caminho rimado é qual eu prefiro
para ser mais explicito
e menos convencido
na verdade só sei de mim
no que acredito
dinheiro
só o que ganho com o suor do meu trabalho
sentimento
tudo aquilo que lhe disse na noite que passou
olhando no fundo dos teus olhos felinos
o desespero
que grita ao meu ouvido
não atinge decibéis suficientes para incomodar
na fome
deste amor que devora
vou ganhando equilíbrio
criando uma couraça contra tudo que não é nós dois
unidos neste abraço
criamos um campo de força
nenhuma influência externa pode abalar
controlei a mente
antes que ela me abandonasse
tendo a posse de si
foi mais fácil a doação
aceita de antemão
como forma de presente
o meu coração
embrulhado na simplicidade
de um papel de pão
o resto dos problemas sumiram
analise a ataul situação
atraquei neste porto
para o resto dos dias
não existe futuro
sem a sua companhia.
Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 29/03/2006
Código do texto: T130428
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34633 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:20)
Marco Cardoso