Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva e sol

Ao cair daquela tarde de sábado
nas entranhas de um mundo incipiente
desencontrei-me, por ti, trasladado,
esvaindo-me na sarça ardente.

Mas como eram as terras frementes
e faminta e hirta a horta!
Soterraste-me nos gozos de gasosas sementes
tanto que a planta quase se desfalece morta.

Inesquecível viagem numa tarde chuvosa
na rua, lá fora; aqui dentro, um incêndio
umidamente queima a floresta e, dela aflora,
um cogumelo roxo e esplêndido.

A ninfa absorve-o, sequiosa, num ritmo frenético.
a boca gulosa, dele se alimenta
depois, devolve-o febril e erétil,
ora, à floresta; ora, à tundra, sedentas.

Cid Rodrigues Rubelita
Enviado por Cid Rodrigues Rubelita em 30/03/2006
Código do texto: T130959
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cid Rodrigues Rubelita
Curitiba - Paraná - Brasil
146 textos (4844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:16)
Cid Rodrigues Rubelita