Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tango



Parada acompanhei você se aproximar
como que me devorando
vi você meu corpo olhar e
em minha frente parar.
Sem pedir licença e nada falar
suas mãos em minha cintura
senti deslizar,
firme me fez rodopiar e
no salão entrar.
Do meio do salão virei-me
para olhar o que aquele homem
forte e ardente estava a esperar.
Fui ao seu encontro
a um pé de meu corpo
no dele encostar
parei e
me arrastando para o lado
o senti suspirar.
Corpos colados excitados
Suas mãos sem em mim tocar
acompanhava-me pelo salão
Passos largos para traz,
para o lado
coxas entre coxas
pernas entrelaçadas.
Frente a frente braços esticados
olhos nos olhos
mãos afagadas
corpos se desejando
ao ritmos do tango
A excitação, respiração, palpitação
revelando que ali no salão
estava havendo uma comunhão.
O desejo pelo tango e
através do tango se revelando

Iza Mota
Recife - PE
Iza Mota
Enviado por Iza Mota em 01/04/2006
Código do texto: T131955
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iza Mota
Recife - Pernambuco - Brasil
785 textos (81968 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:44)
Iza Mota