Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO CHEGA A HORA

Fico te esperando
com mil coisas a dizer
ensaio tantas vezes
pra quê?

acordo cedo pensando em ti
sinto fome, mas não
de comida
e sim de alguém

as horas do dia não passam
o relógio a brincar comigo
parece que não anda
que não quer andar pra frente

lá fora o sol não brilha
os pássaros não cantam
e os cãezinhos não latem
apenas o lamúrio da briza

depois de tanto esperar
a noite cai. É uma criança ainda
começo a ter idéias
começo a me empolgar e ma animar

fico te esperando
com mil coisas a dizer
ensaio tantas vezes
pra quê?

na hora que te vejo
a garganta seca
o suor escorre
as pernas bambam

e você vai embora
eu vou embora
e fica tudo
pra uma outra vez

tantas coisas a dizer
e a razão
me deixa mais uma vez
na mão!
Gabriel Gabe Jurke
Enviado por Gabriel Gabe Jurke em 04/04/2006
Código do texto: T133447
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gabriel Gabe Jurke
Curitiba - Paraná - Brasil, 30 anos
77 textos (4618 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:32)
Gabriel Gabe Jurke