Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nego


 
 
Nego-me a cair, não outra vez...
fingir-me lúcida ou dizer que ouço o que nada diz,
refazer caminhos que negam a fé,
pegar a mão que a vida contradiz,
seguir o conselho de quem não sabe quem é.
 
 
Nego-me a cair,
acreditar nas promessas vazias de quem só sabe mentir,
espíritos vencidos, sem paz, sem destino,
olhares egoístas, sem vida, sem brilho,
na noite que tinge o dia que há de vir.
 
 
Nego-me a negar o fato de amar,
de sorrir diante dos abismos por saber voar,
de entregar-me às mesmices de um cotidiano hipócrita
que proferem amanhãs que nunca hão de chegar,
nas orações de um passado de falsas retóricas.
 
 
Nego-me abrigar-me à sombra da covardia
que incidi sobre o mundo em vértices “ais”,
fechar meus olhos, esconder meus passos,
remeter-me ao anonimato dos que não possuem a paz
por alimentarem-se do sangue que nesse chão recai.
 
 
Nego-me a negar o que sou,
romper com meus ideais,
vender minha alma por um pouco da falsa paz.
 
 
28/03/2006
 
Aisha
Enviado por Aisha em 06/04/2006
Código do texto: T134669
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35173 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:47)
Aisha