Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENCANTO


O encanto é tanto.

Sinto
O instinto
Do sabor do vinho tinto
Descendo pela minha garganta
A sede é tanta
Agiganta a minha alma
Tentei ler a palma
Da minha mão
Mas só tinha versos escritos
Versos do fundo do coração
Versos também de solidão.

Fosse o vinho
O doce toque do seu espírito
Eu me saciaria com uma gota
Fosse a chama da vela
O calor da sua presença
Não sentiria frio nunca mais
Fosse o som da vitrola antiga
O suave sabor da sua voz
Eu me encantaria mesmo que eu fosse surdo.

O encanto é tanto.
Que afasta o pranto
Das faces tristes do quadro que decora essa sala de estar.

O encanto é tanto
Que me faz tirar do canto
Onde eu estava a pensar
O que vou fazer quando finalmente te ver
O encanto será tanto
Que o vinho tinto barato
E as velas acesas do meu último aniversário
Passarão desapercebidas
Porque quando você estiver aqui
Nada disso vai importar
Apenas o encontro de nossas almas
E o encontro de dois lábios
Podemos ser tolos ou sábios
Importante é sermos amantes.

07/04/06
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 07/04/2006
Código do texto: T135337
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1432 textos (42637 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:31)
Miguel Rodrigues