Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERBO BEIJAR



Te beijei,
Minhas pernas tremeram
Eu era tão menina
Teu beijo eu não esqueci

Te beijo,
Minha pernas ainda tremem
Eu sou tua mulher
E te quero sempre aqui

Te beijarei,
Sempre que estiveres comigo
Pois és meu abrigo
Meu amor mais querido!

Te beijei, te beijo, te beijarei
Vou conjugando este verbo
E minha boca sedenta
Vai esperando a tua
Vontade esquenta
A alma já fica nua
Quando chegas eu,
Te beijo!

foto:tela de Francesco Hayez

Inspirado no soneto “Verbo Amar” de J G de Araujo Jorge

O verbo amar

Te amei: era de longe que te olhava
e de longe me olhavas vagamente...
Ah, quanta coisa nesse tempo a gente sente,
que a alma da gente faz escrava.

Te amava: como inquieto adolescente,
tremendo ao te enlaçar, e te enlaçava
adivinhando esse mistério ardente
do mundo, em cada beijo que te dava.

Te amo: e ao te amar assim vou conjugando
os tempos todos desse amor, enquanto
segue a vida, vivendo, e eu, vou te amando...

Te amar: é mais que em verbo é a minha lei,
e é por ti que o repito no meu canto:
te amei, te amava, te amo e te amarei!

(Poema de JG de Araujo Jorge
do livro -Bazar de Ritmos- 1935)


Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 07/04/2006
Código do texto: T135464

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916682 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:25)
Denise Severgnini