Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Mal do Coração

O mal do coração é não aceitar
Que tudo um dia de repente termina
Que a sina de toda alegria é findar
E que no final, quando não houver
Mais nada, Ele ainda vai sentir.

O mal do coração é saber
Que não há cair do qual não levante
Que pra si inexiste o sofrer maior
E que qualquer dor, por maior que
Seja, Ele sempre pode suportar.

O mal do coração é acreditar
Que é sempre possível mudar
Que não há esperar em vão
Que um dia a dor termina
Que um dia o vazio termina
Que um dia o frio termina...

O mal do coração é aceitar
Que a vida ande com ele insatisfeito
Que o rosto se ilumine sem que
No seu interior haja real felicidade
Que seja sua conselheira a Saudade...

O mal do coração é permitir
Que os pés continuem a caminhar
E o nariz continue a respirar
E os olhos continuem a brilhar
Em plena discordância com tudo
Com tudo que está a passar...

O mal do coração é esperar
Que um dia tudo mude, mude
Mesmo quando nada tende mudar.
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 10/04/2006
Reeditado em 03/12/2006
Código do texto: T136622
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27270 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:42)
Sebastião Alves da Silva