Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imperfeita perfeição



 
Um grito, um apelo, sonhos sem medo onde,
a verdade é ilusão,
um gesto, um ato, um fato, o revelar,
a busca e o encontro encabeçando a procissão.

O homem que acredita, a vida que recria,
os anarquistas lideram a sua exclusão,
enquanto a terra remexe abaixo dos pés,
sombras desfeitas dentro de imperfeita perfeição.

A guerra, o luto, o nada, o tudo,
a paz só sonhada no mundo que nega ação.
A cor, o canto, mãos postas em oração,
todos contra todos, selva, dilaceração.

 Caminhos, atalhos,
passos perdidos sem história ou passado,
corpo sofrido, riso afogado,
ondas em mares nunca antes navegados.

 Um espaço, outro tempo,
nova era de constante contratempo,
muitos dentes em risos aparentes,
muitas bocas sem risos e sem dentes.

Celebra vitória um povo sem nação
que traz como bandeira os calos das próprias mãos,
um rosto no contexto, outro mundo diferente,
um sim a dignidade em meio a tantos outros não(s).


18/03/2006
Aisha
Enviado por Aisha em 11/04/2006
Código do texto: T137402
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35176 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:22)
Aisha