Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tesão explícito

Louco quase cegamente
De desejo por ti
E o mais embaraçoso nesse flerte
É que sentes por mim, copiosamente,
O mesmíssimo carnal tesão explícito.

Estreitamente sabemos disso,
Entretanto, nosso tolo juízo
Não nos deixa libertos
Nenhuma fração de segundos.

Divaga em mim teu corpo esbelto.
E exteriorizado nos olhos,
Nosso anseio elevado e profundo.
De fato, sem a concretude da cópula.

Na esquina de nossos olhares,
À espera, uma acanhada ternura
Transmutável em laivos de loucura.
O pior é que arriscamos jamais
Dar vida a essa aventura.

Em nossas conversas abertas
Dissecamos as expressões modernas;
Porém, na realidade exata
Descobrimo-nos em tempo tardio.

Platônica tara inconcebível de prática,
Quase tudo aqui assoma incorreto
Que só de ti sentir meio perto
Invade-me um inexplicável arrepio.

Não há como explicar
Se calor de espírito,
Se corrente de frio

Camuflando este arredio
Tesão explícito,
Agudo desejo de te amar.


Cid Rodrigues Rubelita
Enviado por Cid Rodrigues Rubelita em 12/04/2006
Código do texto: T138022
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cid Rodrigues Rubelita
Curitiba - Paraná - Brasil
146 textos (4844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:29)
Cid Rodrigues Rubelita