Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciúmes da Lua

Sei que estas próximo
O  cálculo da distância foi criado pelo homem que não sabia o que era o Amor.
A lua que ilumina a minha noite é a  mesma que invade sem pedir permissão a tua janela agora .

Te ilumina
Te beija a pele
 E me deixa cheia de ciúmes
Por ter essa intimidade contigo.
 
Conto muitas vezes até dez e desisto
Abdico de ir ter contigo
Mesmo desejando o abrigo dos teus braços
Mesmo imaginando alucinada
O sabor de teu corpo agora em meus lábios
E tocando-os  com a ponta de meus dedos os meus lábios
A sensação que os teus despertam
 Quando junto a eles estão .



Pura perdição de sentidos
Silencio as palavras
Meu olhar cabe dentro do teu com perfeição
Minha alma ri apaixonada .

Ah essas horas que não passam!
Esse cadafalso de aflição
Esse tormento que invade meu ser aflito
De teus beijos, de nossa união!

Aquele toque que chega a alma
Que arrepia o meu espírito fazendo com que eu desfaleça na emoção
Luxúria de sentidos

A sensualidade aflora em nosso ser
Não dominas somente o corpo nessa hora
Mas meu ser inteiro que se perde na alegria do teu domínio .
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 13/04/2006
Código do texto: T138653

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36703 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:10)
Wanda Ayala