Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEFINIÇÃO DO INDEFINÍVEL

O amor é como uma flor
Que desabrocha em tom primaveril,
É como um pássaro que corta a supremacia celeste,
Desenhando no ar curvas anunciadoras da chegada de Abril;

O amor é a junção entre Silfos e Ciprestes,
É a resignação do anti-amor, o contrário projetado,
É um sentimento de soberania,
É um simples lado-a-lado,
É o calor na invernia;

O amor é o preenchimento, a antimatéria,
É a solidificação do diluído,
É um dissoluir-se em sentimento,
É a entrega etérea;

O amor é a melodia, a eufonia,
É a resposta turva,
É o coração sofrido,
É a beleza que se reveste;

O amor é a contradição,
É um tecer da dor temível,
É a definição da pulsação
De um coração indefinível!
Samantha Medina
Enviado por Samantha Medina em 15/04/2006
Código do texto: T139695

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Samantha Medina
Recife - Pernambuco - Brasil, 30 anos
120 textos (21414 leituras)
1 e-livros (40 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:30)
Samantha Medina