Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Leve Como Bruma

O meu amor não tem
importância nenhuma.
(Cecília Meireles)

O meu amor é um vento
Que ajudou a formar uma
Bolha dentro de um quê
De espuma.
O meu amor é
O mais leve espírito,
O mais perdido espírito
Que vive neste mundo.
O meu amor é tão leve
Quanto bruma.

O meu amor é um livro
A flutuar pela vastidão,
É a letra que falta
Na palavra borrada
No poema que não existe,
O meu amor é uma dor,
A mais estranha espécie de dor

O meu amor é querer mais
Quando tudo acabou,
É o significado insignificante,
O meu amor é a tristeza andante.

O meu amor está sempre além,
Onde ser maior é ser vencido,
Onde quem vence, à sua frente
Nada mais para ver,
Nada mais tem
E fica perdido...

O meu amor é um ser arrependido,
O meu amor nem amor parece ser...
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 16/04/2006
Reeditado em 16/04/2006
Código do texto: T139812
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27272 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:33)
Sebastião Alves da Silva