Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DISTÂNCIA SENTIMENTAL



Distância molesta, porta-voz do meu sentimento,
Sucedâneo serotino que me impulsiona à aflição,
Onde se encontra minh’amada, neste momento?
Deixas-me num vazio, empurrando-me à solidão.

Passeias discreta pelas vias do meu pensamento,
Buscando aquele cantinho vazio do meu coração;
Majestosa altitude de beleza em contentamento,
Castelo esplendoroso de soberana em ostentação.

Diante de ti me vergo, ó senhora do abrasamento!
Para na seiva dos prazeres me tornar a sensação,
Suplico aos deuses que me ausentem o tormento,

De me sentir tão semoto deste amor em profusão.
Sei que algures estás, alojando-me ao sofrimento,
Por me deixar tanta aporia à minha sutil inspiração.

Riva. 074

Rivadávia Leite
Enviado por Rivadávia Leite em 17/04/2006
Código do texto: T140368
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rivadávia Leite
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil
222 textos (4405 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 05:48)
Rivadávia Leite