Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lea

A poética não resolve.
Meus olhos inquietam-se.
Meus versos não explicam.
Meus olhos não se importam
apenas olham...
Perdem-se em sua geografia.
Seus cabelos
florestas tropicais
exótica e deslumbrante beleza.
Seu corpo
misteriosa geometria
curvas e traços perfeitos
rios e lagos profundos
que filósofo ou poeta algum no mundo
me fariam imaginar
só meus olhos fazem crer.
Olho o mundo a minha volta
busco algo que me inspire
encontro apenas a derrota
dos valores e da beleza.,
porém em ti
encontro graça e harmonia
encontro desejo e fantasia
e não sei o que dizer
nem o que fazer
apenas olho...
contemplo o ideal materializado
sonho, em forma de mulher.
Eneas Andrade
Enviado por Eneas Andrade em 17/04/2006
Código do texto: T140705
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eneas Andrade
Salvador - Bahia - Brasil, 36 anos
109 textos (4014 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:01)
Eneas Andrade