Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Madrugada Encantada...

Ficaria horas perdidas a falar contigo
A ouvir o som da tua voz e o que me dizias
Deixaria o sono e a noite passarem
E até ao raiar do Sol iria querer abraçar-te

Daria-te o coração que já é Teu
Que palpita saudoso em cada respirar
Ousaria tocar a tua face com ternura
Para me perder em cada caricia que te quero dar

Queria encher a tua vida de sonho e cor
Transformá-la num paraíso de afectos
Num recanto polvilhado de amor
Numa fonte que transborda alegria

Queria que o vulcão que se agita dentro de mim
Explodisse e transbordasse lava incandescente sobre Ti
Para aquecer o teu coração com os meus sentimentos
Que a todo o custo queres afastar de perto de Ti

Não queria...ainda quero...porque estou rendida
Como um guerreiro que para uma velha luta
Só pelo prazer de se abandonar a um sonho antigo
Que febrilmente acredita ter encontrado

Então direi quero!Quero partilhar a minha vida
Dar-te o pouco que eu sou mas no qual acredito
Viver esgotada de prazer por um amor dividido
Que se alimenta da esperança e da magia que existe em Nós

Quero ser sol no teu céu cinzento
Quero que sejas luz na minha escuridão
Quero ser flor na tua planicie
Quero ser areia enquanto suporte do teu mar

Quero roubar-te o coração e guardá-lo dentro do Meu
Transportar-te para dentro do meu Mundo que será o Teu
Fazer o nosso percurso de cedências e compreensão
Para um dia roçarmos a perfeição com que a humanidade sonha

Quero tão simplesmente fazer-te feliz
Desejo supremo que acompanha a existência
Pureza e candura de uma manhã que seduz
Sonho de deleite de um coração apaixonado



 
Sonya
Enviado por Sonya em 18/04/2006
Reeditado em 03/07/2006
Código do texto: T140942
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonya
Portugal, 34 anos
170 textos (17297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:26)
Sonya