Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0664 - Hoje de amor




Não existem motivos para amar,
o amor cobre o tempo,
não importa quando e quantos
os vários hinos da paixão.


Amar é um barco preso ao mar,
sem cais que aporte,
sem terra, sem ar,
preso apenas a promessa do outro.


Muitas vezes pensamos em partir,
é como se o corpo ao meio ficasse,
as palavras paradas na boca,
os sons das juras desaparecendo do ouvido.


Voei além da linha do horizonte,
vi amor em todas
e em todas a imagem certa
do coração que ficou meu amor.


Volto as noites, nas manhãs,
não quero certeza,
não preciso pedir paixão,
preciso tempo só para você.


Este é meu momento de sonhos,
abra a porta, abra o céu,
invente a hora,
o sempre de amor, é nosso, é hoje.


18/04/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 18/04/2006
Código do texto: T141100
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116250 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:07)
Caio Lucas