Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Avenidas

 Desperta amor
 Abre as portas da fortaleza onde te escondes
Aonde guardastes a chave de teu coração
Onde as lembranças e o passado não podem mais te tocar.

Meu coração esta te amando
Minha alma te ansiando
São tantas as avenidas da vida
Não te desvies do caminho longe dele há espinhos .


Nosso tempo é curto feito de minutos
Que custam a se assomar
E neles sempre esta  a vontade o desejo
A nossa pressa em amar.

Calo-me diante verdade
Não tenho mais o que te confessar
Minha alma te pertence
Teu amor é fogo ardente consome o meu pensar .

Desperto, acordo dessa vida destituída de matiz
Onde a dor é companheira
Muitas vezes traiçoeira
Deixando-me além do teu calor .


Nossos destinos tão desiguais
Nossa vida tão  incerta
Balança que pende ao desapego
Eu em meio a  dor sou o conforto
Tu, oásis certo onde me abandono .
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 21/04/2006
Código do texto: T142970

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36703 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:40)
Wanda Ayala