Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Página em Branco

Não me inspirarei em nenhum poeta!
Não colocarei aqui os mais belos poemas
Pois nenhum poeta saberia descrever

Tudo o que passamos juntos
Nesse pequeno tempo

De nossas vidas

Pois nenhum poeta!
Sentiu a magia do nosso primeiro encontro
Nenhum poeta sentiu a força do nosso primeiro beijo
E, nenhum poeta expressará essa felicidade que sinto
Por ter-te encontrado.

Nenhum poema seria capaz de traduzir
Em palavras fortes, nossas emoções mais profundas
Mais íntimas, mais marcantes!

Nenhum poema seria capaz de colocar
Em palavras fortes, o que sinto quando estou

No seu abraço, o que sinto quando reconheço
O seu cheiro, o que sinto quando estou ao seu lado.

Nenhum poeta ou nenhum poema
Por melhores que sejam, não conseguiriam
Felicitar e abençoar, essa tão importante

Comemoração!

Pois, a felicitação é oriunda dos sentimentos;
Seja de um amigo, seja de alguém conhecido

E a bênção é oriunda de uma força superior;
Que nenhum papel com qualquer coisa escrita
Seria capaz de comprovar, esse ato divino!

Nenhuma ciência por mais complexa que seja
Conseguiria flagrar esse momento
Tão meu, tão seu, tão nosso!

Esse momento será guardado com carinho
Não em algum conto qualquer! Não em um baú

A sete chaves, não em algum cofre escondido
Num lugar mais reservado da casa

Pois, poderia ser perdido. As traças poderiam destruí-lo
Ou alguém, que conhecesse muito bem a casa, poderia roubá-lo!

Esse momento será guardado onde nenhum poeta
Jamais sonhou! Onde nenhum poema jamais recitou!

Esse momento tão nosso, será consequentemente marcado
Nas profundezas do meu ser, na minha essência!

E com sorriso nos lábios, será sempre recordado
Pois, nenhum poeta! Nenhum poema! Por mais perfeitos
Que fossem não conseguiriam sentir, lembrar

Ou usufruir da felicidade que sentimos
Dos nossos momentos que recordamos, do amor
Que nós e somente nós, usufruímos!
 

 
 


 
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 24/04/2006
Reeditado em 21/08/2015
Código do texto: T144463
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470118 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:21)
paulo cesar coelho

Site do Escritor