Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0671 - Meu jeito de te amar




Chego mais tarde sem aviso, faço do sonho realidade,
tiro o dia a noite, da madrugada, o fazer amor,
pode pedir que dou, pode convidar que fico,
não vamos desperdiçar o tempo que ficamos aqui,
preciso da segurança da sua boca... na minha de novo.


Deixo me enganar pelo tempo, esqueço as horas,
volto os ponteiros da vida, falo de amor sem saber,
proponho ser algo mais que seu na próxima vez,
dá-me o direito de sonhar seus sonhos,
na verdade é amor que quero, nossas vidas misturadas.


Lembro do primeiro dia, da primeira hora, do beijo,
a dor que foi do peito, os olhos meio perdidos nos seus.
Amar, dizem que é lei universal, não entendia nada,
sem aviso chegou e me fez dizer que não sonhei,
voltei todos os anos que um dia apaguei da memória.


Ama, mostre que não chegou a nenhum final.
deixa que a felicidade decida por ficar no seu meio,
em silêncio, no meu silêncio fale de amor,
quero o amor simples deste meu simples amar,
se existe medo apague, pode viver o amor que escreveu.


Perdoe as vezes minha insegurança, é por te amar,
não quero a roupa preta vestindo nossa paixão,
minha força virou do avesso nos versos que sonhei um dia,
não quero a dor do improvável que machuca na madrugada,
faz sol, não importa a hora, nem as tempestades.


Quero ser abandonado dentro do seu corpo cheio de amor,
inventei um sentimento especial só pra falar de você,
mostrei que nenhum anjo percorre o céu que vivemos,
somos nós os deuses, espalhamos a paixão na alma,
pedi perdão dos velhos pecados, quero novos com você.


Desculpe se não aprendi a falar direito do amor que tenho,
sou alguém que ama sem permissão de voltar no tempo,
ajude-me a sonhar o novo, a vida que acorda toda manhã,
não faço profecia, amar é como te amo, como te quero,
felicidade é tudo que tenho a lhe oferecer.


25/04/2006
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 25/04/2006
Código do texto: T144908
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116244 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:55)
Caio Lucas