Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A SOLIDÃO É MINHA

Abstraído na imensidão

de pensamentos,

cheguei a uma conclusão.

Ninguém melhor do que eu,

conhece os ditames da solidão.



No mais completo paradoxo,

vivo e tenho de tudo,

mas não com quem possa

dividir minhas aflições,

assim, sempre estou sozinho..



Meus desejos então...,

somente eu para restaurar

e recompor meus sonhos,

mas, depois, me perco

nas entranhas das

fictícias ilusões..



Perdão! Estou sendo injusto,

minhas confidências são

enunciadas ao amigo silêncio

que presta atenção em tudo, mas,

nunca  diz nada, preferindo

viver em total abstração.



Se estou contente e feliz,

bem pouco são os dias,

tenho que comemorar comigo mesmo,

compartilhar com quem,

se subsisto em intermináveis lacunas...



Por fim, quem é que reprova

a idéia que somente

eu é que entendo de solidão?

Afinal, quem já ouviu dizer

que um dia escutou as

vozes inarticuladas

de um coração?



















 





Wil
Enviado por Wil em 25/04/2006
Código do texto: T144954
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84505 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:02)
Wil