Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teu olhar, te olhar

Sentir-te tão perto
me causa calafrios,
falta de ar,
falta de freios.
Me mordo, sentindo que preciso me segurar,
de um jeito que nunca precisei fazer.
Que essência é essa que sua pele exala,
que parece ter uma ligação com a minha pele,
que quando a sente,
acende,
dispara,
aquece?

O que se passa dentro dos seus olhos
eu não sei.
Já tentei descobrir, lendo, te vendo, sentindo
o que deles vem.
E quando vejo, nessa procura eu me perco,
e me encontro num lugar onde tudo é sentimento,
e mergulho num misto de sensações,
viajo por um instante  e no meu coração sinto algo que diz:
queria que fosse sempre assim.
Nunca fui feliz assim.
Nunca senti algo assim.

E quando você dorme, sua face se acalma
e seus cílios se encontram harmoniosamente
com a cor morena da sua pele.
E seu nariz forma com sua boca e queixo
um conjunto perfeito,
que respira e inspira pesadamente,
e penso no que se passa dentro de você
e por um momento desejo,
mais que tudo,
fazer parte do que você pensa.
Diana Marques
Enviado por Diana Marques em 25/04/2006
Código do texto: T145274
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diana Marques
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 32 anos
22 textos (909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:16)
Diana Marques