Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Renascimento



Fugindo de mim mesma,há tanto tempo,
esquecida entre uma nuvem e outra, eu ía.
Ía, carregada pelo vento da mesmice.
Nem sabia o quanto minha alma,
sufocada e oxidada pela ferrugem da rotina, definhava!
Havia há tempo esquecido dos grandes
sonhos e desejos.
Então, de repente, do mais alto dos céus,
surgiu uma fina chuva de possibilidades,
trazida por um anjo particularmente insólito, inovador.
A minha alma voltou a reluzir e enxerguei, ao longe,
o arco-íris deixado pelo sorriso, pelo olhar desse anjo.
Hoje, a vida transformada em dores e flores,
está mais bela e perfumada.
O anjo continua a me observar,de longe.
E eu, daqui onde estou, a iluminá-lo, com a luz que ele próprio deixou em mim.


SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 25/04/2006
Código do texto: T145290

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
942 textos (29986 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:46)
SueliFajardo