Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO CALOR DA TUA SOMRA


Criei impérios imensos
e sonhos
tão grandes como eles
acreditei no impossível

No calor da tua sombra

Ateei as mais belas fogueiras
de todos os tempos
e observei a sua luz a violar
o espaço que todos diziam negro
iluminei as trevas

No calor da tua sombra

Fui onde ninguém devia
ou apenas ousava
Mergulhei nos mares mais profundos
descobrindo maravilhas sem fim
às quais dei o nome da minha musa,
o teu
Fui aos universos
onde vivem os novos Adamastores
tirando-lhes os nomes do mito
e baptizando-os com os da ciência
Penetrei nos fantasmas mais pavorosos da alma
onde mora a loucura
sai mais lúcido do que nunca
Consegui feitos impossíveis
com a mais bela caução que se pode ter e desejar:
O calor da tua sombra

Poema protegido pelos Direitos do Autor
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 27/04/2006
Código do texto: T146100

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170318 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:03)
Miguel Patrício Gomes