Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando o amor se vai

Quando o amor se esvai,
não é preciso sofrer.
Basta acalmar a mente
e a razão.
Mas, quando de dentro de você,
o amor explodir em raios,
é preciso entender
o que se sente,
para não pensar que é irreal,
ou impossível,
ou atemorizante.
Poque todos se tornam belos,
e os lugares ficam mais azuís.
O amor ao mesmo tempo
que é tranqüilo,
é revoltoso,
como um rio de cachoeiras.
Nunca para de correr
em busca de um mar,
onde ondas o levem
de alto a baixo,
em constante movimento.
Sempre a espera da
eterna paz.
Assim, quando o amor
bater no coração
e suas veias pulsarem
com violência,
não se exalte em desespero,
pois este sangue sagrado,
que aí corre,
sabe em cada célula
que você, a partir
de tal hora ,segue
o caminho sem volta
daqueles que sabem
sonhar,
porque já perdeu a razão,
daquele antigo amor
que se esvaiu para sempre.
Marcia Barroca
Enviado por Marcia Barroca em 27/04/2006
Código do texto: T146442
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marcia Barroca
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
109 textos (3479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:12)
Marcia Barroca