Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEIXA-ME

Deixa-me aquietar neste lugar,
afinal, foi aqui que eu vivi,
foi aqui que não vi a vida passar.

Deixa-me abraçar a saudade,
e com ela lembrar que ao sair
nada disse, e sequer olhou para trás.

Deixa-me conviver com a triste
melodia de uma solidão.
Adormecer e depois, despertar
com seu corpo em meus braços,
assim como sempre desejei..

Deixa-me sonhar, e nesse estado de
inércia, presenciar seu vulto
brincando em meu coração,
ainda que na ficção de uma fantasia.

Deixa-me em companhia de
noites sem rumo, para que eu
reviva o sofisma de suas juras.

Deixa-me rodeá-la com meu
sentimento, e nessa visão divinal,
satisfazer minhas mais íntimas ânsias...

Deixa-me, afinal, nada mais
é nosso mesmo, tudo pertence
a eternidade.
Deixa-me conviver no infinito de alguns segundos, para que minha vida possa afazer-se com o sabor do fracasso,
meu troféu permanente ....

                                     



















Wil
Enviado por Wil em 28/04/2006
Código do texto: T146977
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2623 textos (84614 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:40)
Wil