Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"A PRAÇA DA FONTE"


Naquela praça, cuja fonte
jorrava artificiais cascatas,
chuviscos, em cores de prata
lembrou-me, um grande amor.

Aquela fonte da cascata
naquela bonita praça,
eu a tive nos meus braços
eu a beijei com ardor.

Disse-me, coisas bonitas
comtou parte da sua vida,
tinha uma história sofrida
falou-me, de um alguém.

Deixou-me, muito confuso
cabisbaixo, e preocupado,
com o que ela tinha falado
mencionando outro alguém.

O alguém era o filhinho
que nasceu de um casamento,
que não durou muito tempo
e que já nasceu sem pai.

Agora respirei fundo...
muito mais aliviado,
do susto que havia levado
e com carinho a abracei.
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 29/04/2006
Código do texto: T147405
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257217 leituras)
185 áudios (36330 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:23)
Antonio Hugo

Site do Escritor