Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRAMELA

assim, sem lengalenga, cantilena, chorumela,
dirijo-me eu à cozinha, agarro a cintura dELA;
beijo-A, e, ELA deixa cair, no chão, a panela,
que areava prá poder fazer galinha à cabidela;
prá que de fora não nos olhem, fecho a janela,
'ai, não trancas a porta?' diz-me a gemer ELA;
ali, sob Seu beijo de Paixão, fecho a tramela!

Moacir et Selena 2006
brilhe a vossa LUZ!

porque ele fortalece as trancas das tuas portas

(Salmos 147:13)
Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 29/04/2006
Código do texto: T147460

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71178 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:19)
Moacir et Selena

Site do Escritor