Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pétalas de Luz

Porque não consigo ser diferente por mais que o gostasse de ser, por mais que o desejasse, lanço estas palavras dirigidas a alguém que espero que as irá ler e perceber que será ele o destinatário delas...

************************************************************

As flores abriram e as pétalas cairam com um sopro
Amarelas e laranjas estiveram longe de ser brancas e rosas
Como disseste que tinhas trazido para mim
Foram iguais às que destes a todas as outras

Não sugeri a diferença, foste tu que a comentaste...

Nas pequenas coisas vou entendendo
Como sou um lugar comum e banal
Assim percebo com mágoa que deixei de ser princesa
Para ser só mais uma túlipa de cor vulgar

Com o cálice murcho e sem vida...

Um escape para uma tristeza sem igual
Para uma vida que sentias incompleta
Algo que sentias faltar e desejavas encontrar
Mas para o qual eu sou terra sem adubo

Falta-me o substral, o milagre de te fazer desabrochar...

Mais do que o Amor e acima de tudo por todo o resto
Eu dei-te uma Amizade incondicional
Aquela em que acredito e que passa pela partilha
Pela preocupação, pela afinidade existencial

Deste-me o silêncio fecundo e trivial, e eu calei...

Não queria os beijos, nem os abraços
Não queria as linguas enroscadas como outrora
Ou as mãos desejosas do teu corpo
Ou a minha vida imersa na Tua

Pensas ser isso que me magoa, enganas-te...

O que queima o peito e me consome é o que vejo
Perceber que o teu tempo serve para tudo e para todos
Mas não consegues sequer perguntar se preciso de Ti
Se preciso de desabafar,se estou bem,se preciso de ajuda...

Acreditas que só sou capaz de Amar...?

Eu criei na minha ideia a imagem de um AMIGO
Da promessa que fizemos para toda a vida de o sermos
Mas não encontro esse sentimento em Ti
Falta a preocupação, o carinho de quem gosta

E falo de gostar como se gosta dos Amigos...

Terás ainda muitas coisas que aprender, tal como eu
Gostava de ter consigo passar um pouco da minha mensagem
Fazer-te acreditar nos sentimentos, afastar-te do silêncio
Desse animal que te destrói e que te tira o brilho

Mas sou incapaz de conseguir ajudar-te a seres feliz...

Precisas de abrir o peito e respirar ar puro
De olhar o Sol e sentires os olhos brilharem
De escutares aquilo que o teu coração te diz
Precisas de ser sincero contigo e com os outros

Tu precisas tão simplesmente de falar...

Guardas o imenso que te aflige e que sentes
Não te consegues ajudar a Ti próprio
Perdes-te nos teus próprios labirintos
Não encontras a saída para as tuas aflições

És um iô-iô em perfeito desgaste emocional...

Mas é porque sou tua AMIGA que te dou estas palavras
Podem ser duras, mas são sem dúvida sinceras e sentidas
Não me conheces o suficiente porque a tecnologia nos afasta
Porque nunca viste nos meus olhos aquilo que eles te diziam

Partilhas o teu tempo com outros, talvez porque aches que te faço mal...

Nunca foi essa a intenção e não vou pedir desculpa
Acho que certas coisas não mereci porque dei o meu melhor
Mas jamais irei referir-me a elas porque as fiz de coração
Só te digo tudo isto porque acredito que vales a pena

Continuo a achar que precisas de ajuda para conseguir ser feliz...

Na tua perdição e no teu silêncio não encontras a Paz
Estás em guerra contigo próprio e com o Mundo
Precisas de abrir as asas e ACREDITAR, tu que acreditavas
Necessitas de crer que és capaz de alcançar

O tempo continua a passar e o que te digo é : " Não deixes que a vida te passe ao largo...não deixes o tempo fazer morrer os teus lábios...destruir os sentimentos..."

 
Sonya
Enviado por Sonya em 01/05/2006
Reeditado em 03/07/2006
Código do texto: T148383
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonya
Portugal, 34 anos
170 textos (17292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:35)
Sonya