Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viverás em mim

Eternamente viverás
em meus sonhos,
enquanto um restinho de
azul-escuro,
brilhar no meu olhar,
e a minha estrada for
iluminada pela lua.
Viverás em minha presença
mesmo à distância,
porque ainda assim, te amo,
como se ama uma remota
lembrança de amor.
Infinitamente,
morrerás comigo
enquanto em mim  existir
um pouco de fadiga
e mansidão e
minhas mãos buscarem
seu sorriso.
Viverás em mim,
enquanto for amada
e enquanto puder andar
em busca de instantes.
Viverás em mim,
até que a aurora
deixe de surgir
e o acaso desfigure o sol.
Viverás em mim,
em cada pontinho meu,
como uma fada vive
nas pétalas da rosa.
Sei que nunca deixará
de viver em mim,
apesar dos fios
que nos separam
e da inconstância de pensamentos,
que nos machuca.
Sua vivência em mim
é um fato concreto,
apesar de toda abstração
que tenho na alma.
Viverás em mim,
até que poente deixe
de existir
e a lua perca seu esplendor.
Viverás em mim,
até que meus olhos
se fechem para a
Eternidade do Infinito.
Marcia Barroca
Enviado por Marcia Barroca em 01/05/2006
Código do texto: T148518
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marcia Barroca
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
109 textos (3479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:54)
Marcia Barroca