Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E O TEMPO PASSOU

Diga, mesmo dissimuladamente,
que não foi sua culpa,
que ao insurgir-se
não desejava presentear-me
com os efeitos da desventura;
 
que o que fez, não
foi por maldade;
 
que apenas vacilou
quando decidiu sair,
e que sua vontade
suprema era voltar;
 
que nunca teve a intenção,
de dar seus lábios para
serem beijados por ninguém,
por serem somente meus;
 
que foi por ingenuidade
que se deixou levar,
tal era o anseio
de conhecer outros
termos de liberdade;
 
que permaneceu fiel
aos nossos sonhos,
mesmo que tenha passado
tantas primaveras ausente;
 
que ao adormecer,
seu último desvelo
era querer abraçar-me,
em razão do envolvimento
da saudade.
 
Por favor, não diga
que esse tempo todo foi sincera,
mesmo na vivência de outras esferas,
e longe dos impulsos
de minhas esporas...
 






 

 
 
 
 
 
 

 

 
 
Wil
Enviado por Wil em 04/05/2006
Código do texto: T150081
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84506 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:12)
Wil