Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em Branco


Às vezes ainda acho um pedaço seu em algum canto da minha cabeça
Vc tirou de mim cada centímetro de alma que dava p/ se tirar
Ninguém espera que um dia isso aconteça
E ela ainda é sua, mas vou recuperar

Eu mudei por vc, agora vou mudar por mim
Vou me fazer ficar em branco
Apagar cada parte de vc que ficou gravada
Até não conseguir mais ler mais nada seu, até deixar tudo apagado

Como se tudo começasse agora
A caneta está na minha mão
Sem nenhum plano, estou pronta p/ começar a escrever
Estou começando da página em branco antes de você

Abri a janela da minha alma
P/ deixar o sol iluminar as palavras que ainda não consigo achar
Quero alcançar algo distante, que pode estar tão perto, mas não me permitia sentir
Vou me reinventar, me expor, me explorar

Ninguém mais pode falar as palavras que estão na minha boca
Sentir a chuva sob a minha pele
Ninguém mais pode sentir isso por mim
Só eu posso deixar entrar essa vida toda aqui
 
Vou embebedar-me em palavras não ditas
Viver a vida de braços abertos
Pronta p/ o que está por vir

Hoje é onde meu livro começa
o resto ainda está em branco
Mas sei que vou escrever
Porque escolhi por inteiro viver

A maioria das minhas tentativas, ficavam sempre nas entrelinhas
Pq estava condicionada à não errar
Mas eu não posso mais viver dessa maneira
Vou gritar meu novo eu aos quatro ventos.
Preencher os espaços em branco só c/ bons momentos.


                                   Nádia Luz




direitos reservados Nadia Luz
Enviado por direitos reservados Nadia Luz em 04/05/2006
Reeditado em 10/05/2006
Código do texto: T150091
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
direitos reservados Nadia Luz
Londrina - Paraná - Brasil
80 textos (7863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:11)
direitos reservados Nadia Luz