Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espera

Estou a espera de um amor,
aqui,
entre almofadas macias
de seda,
como se espera uma grande
ternura, que, mais cedo
ou mais tarde,
tem que acontecer.
Estou a espera desse amor,
que preciso ter
por merecimento,
de uma vida passada
que deixou marcas
profundas,
sofridas,
marcas de amor
que se foram e que
agora são apenas
lembranças.
Estou a espera desse amor,
porque tenho dentro
da mente,
poemas ocultos que
só poderão sair,
quando amada for.
Estou a espera desse amor,
pacientemente,
como um girassol
que aos poucos
faz sua rotação
em busca de luz.
Estou a espera desse amor,
calidamente,
como se eu fosse
a certeza de uma ilusão
que se torna real.
Estou a espera desse amor,
porque ainda sei sonhar
e tenho gigantescas
melodias para cantar.
Estou a espera desse amor,
como um naúfrago
que se agarra desesperadamente
à vida.
Estou a espera desse amor,
porque tudo retorna
e a magia do encontro
é uma alegria só.
Estou a espera desse amor,
e a minha eterna esperança
se faz,
quando meus versos
enfeitarem, timidamente
meu luar.
Estou sempre a espera
desse amor,
mesmo que o céu desabe
e a tristeza se fizer
presente ,
como uma fera que ruge,
em meu caminho.
Marcia Barroca
Enviado por Marcia Barroca em 04/05/2006
Código do texto: T150116
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marcia Barroca
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
109 textos (3479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:39)
Marcia Barroca